Notícias

A Universidade de Brasília (UnB) iniciou a elaboração do Planejamento Institucional e do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) para o ciclo 2018-2022 por meio de um processo de construção coletiva que tem como característica principal o estímulo permanente à participação de toda a comunidade universitária.

 

“Planejamento de longo prazo não lida com decisões futuras, mas com o futuro das decisões presentes” (Peter Drucker). Assim, para atingir qualquer objetivo é primordial identificar o que se pretende conseguir ou alcançar. Com o foco de traçar os objetivos para os próximos anos, a Universidade de Brasília, no ano de 2017, está elaborando o Planejamento Institucional para o ciclo de 2018-2022. O Planejamento Institucional visa, principalmente, a modernização das práticas de gestão, a transparência e a agilidade das ações. Todo esse processo encontra-se respaldado pelos princípios do Planejamento Institucional da UnB, que são do respeito à diversidade institucional, da participação e colaboração de toda a comunidade acadêmica, do alinhamento, da comunicação e da continuidade. 

 

As atividades começaram em dezembro de 2016, com estudos para a elaboração da nova metodologia. Foram realizadas inúmeras pesquisas de boas práticas já utilizadas em universidades nacionais e internacionais e em instituições públicas e privadas. 

 

O processo de Planejamento Institucional adotado foi dividido em quatro etapas. Na primeira, denominada “Preparação e Correquisitos”, foram elencadas, dentre outras, as atividades de elaboração, de revisão e de aprovação de documentos norteadores do planejamento, além da definição do projeto executivo. 

 

Na segunda etapa, a de “Definição das Diretrizes Institucionais", foram construídas a missão institucional, a visão de futuro, as diretrizes institucionais da UnB e também elaborado o mapa estratégico, que é uma representação gráfica, em uma única imagem, das diretrizes institucionais da UnB. 

 

Posteriormente, na etapa 3, de “Construção dos Objetivos, Indicadores e Metas”, a etapa que está em andamento, foi iniciada em maio e tem previsão de encerramento em outubro. Nesta etapa, estão sendo construídos os objetivos, indicadores e metas de 23 eixos temáticos. Também será realizada a consulta pública, a apreciação no CAD e a inserção das informações no software.

 

A última etapa do planejamento é a de “Monitoramento e de avaliação”, que inclui o registro dos objetivos, indicadores e metas coletados nas etapas anteriores por meio do sistema ForPDI, com o propósito de monitorar o alcance dos objetivos e, dar continuidade ao processo de planeamento.

 

METODOLOGIA - Utilizada nesse novo ciclo de planejamento, o Balanced Scorecard - BSC foi escolhido por ser possível adaptar à realidade de uma instituição pública e também devido a sua utilização com sucesso em instituições reconhecidas no país. O BSC objetiva alcançar o alinhamento entre a estratégia com os planos de ação, por meio do monitoramento e análise de indicadores. Por este motivo, os objetivos estratégicos são associados às perspectivas e às diretrizes institucionais, para que ao final do processo estejam correlacionadas aos indicadores de desempenho das unidades. Desta forma, para o alcance da visão de futuro, são necessárias ações que são representadas por meio de diretrizes institucionais, escalonadas em perspectivas. São três as perspectivas especificadas no Planejamento Institucional da UnB para o período de 2018-2022: 1- Perspectiva da sociedade; 2- Perspectiva do foco de atuação e 3- Perspectiva do desenvolvimento institucional.

 

Por fim, um processo de planejamento bem estruturado amplia as chances de sucesso da Universidade ao alinhá-lo às tendências e visões acerca da educação superior no país e no mundo, ao auxiliar na identificação prévia de problemas e estimular a constante avaliação de suas atividades. Por ser um processo colaborativo é essencial a participação de toda a comunidade universitária. Conheça o Planejamento Institucional da UnB e participe!